9 maio, 2019

Presidente da CNC participa do Conotel 2019

Presidente da CNC participa do Conotel 2019

Crédito: Silvio Simões

Presidente da CNC participa do Conotel 2019

Na tarde do dia 8 de maio, data que marca o dia Nacional do Turismo, o Centro de Convenções de Goiânia foi palco da cerimônia de abertura da 61ª edição do Congresso Nacional de Hotéis (Conotel). O evento, que vai até o dia 10 de maio, é realizado simultaneamente com a Equipotel Regional, feira que reúne as principais empresas e compradores do setor da hospitalidade. O Conotel conta com a parceria de diversas entidades, incluindo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e o Sistema Fecomércio-Sesc-Senac-GO. 

O presidente da Confederação, José Roberto Tadros, foi homenageado no evento. Para ele, o turismo brasileiro pode desenvolver – e muito – seu potencial. “Chegaremos lá com determinação. A indústria do turismo é muito cara. Os investimentos em compra de terreno, edificação de hotéis e modernização são muito caros. É preciso apoio financeiro, em um cenário no qual os entes nacionais estejam voltados a juros acessíveis para os investidores do setor”, afirmou Tadros. 

Durante a abertura do Conotel, o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), Manoel Cardoso Linhares, abordou a importância da imprensa na divulgação do turismo nacional e destacou que “o turismo no Brasil ainda está engatinhando”, mas que há determinação para que o setor se amplie. Tadros estava acompanhado do vice-presidente da Confederação, Luiz Gastão Bittencourt da Silva, e do diretor da entidade Alexandre Sampaio. 

Marcelo Baiocchi, presidente da Fecomércio-GO, apontou os desafios a serem vencidos pelo segmento.“Temos problemas estruturais que precisam ser enfrentados, como a segurança pública. E problemas de infraestrutura. Mas o que nós não temos pouco, são as belezas naturais. Principalmente no Estado de Goiás”, afirmou. 

Para esta edição do Conotel, o Senac-GO apresenta novidades como oficinas, aulas-show e gincanas, para prestadores de serviço de hospedagem e de gastronomia. Os participantes poderão ainda passar por atendimento em espaços de lazer e bem-estar, destinado a massagens e orientações sobre o cuidado ergonômico no hotel. O espaço hotelaria conta com laboratório de hospedagem acessível, onde serão apresentados dados da participação/exclusão de idosos e deficientes no turismo, bem como o impacto econômico deste público na hotelaria em todo o país.

Comments

0

Os comentários serão moderados, portanto evite o uso de palavras chulas, termos ofensivos ou comunicação vulgar. Se tiver alguma dúvida sobre o tema abordado aqui, use a nossa Área de Atendimento. Talvez a resposta já esteja lá.

Post new comment

The content of this field is kept private and will not be shown publicly.